Abro os olhos de manhã
mas para alguém não houve amanhã
já não há sol, seus olhos
abrem-se eternamente.

No caminho, pessoas sorriem
nem sabem do sorriso desfeito
de alguém que não sofre mais
mas que gostaria de chorar
por um amigo perdido.

Já não é de manhã
a noite o levou
afogado, perdido nas águas
corpo sem alma.

Seus olhos saíram
para buscar a manhã
agora, nem flores brotam
onde a morte o encontrou. 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s